Operação Terminal Seguro de Aracaju reduz em 91% número de assaltos a ônibus

Diariamente, milhares de aracajuanos utilizam o transporte público para se deslocar pela cidade. Por isso, a fim de garantir a segurança e o bem estar dos usuários desse sistema, a Prefeitura de Aracaju implementou, logo no início da atual gestão, em 2017, a Operação Terminal Seguro. Articulada pela Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), a iniciativa completa, no dia 13 de fevereiro, três anos de andamento com ótimos resultados e aprovação da população aracajuana.

Executada pela Guarda Municipal de Aracaju (GMA), com a parceria do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju (Setransp) e a Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), a operação tem como objetivo principal reduzir os altos índices de assaltos que vinham ocorrendo em todo o sistema de transporte público da capital sergipana.

Os resultados se revelam positivos. De acordo com o último levantamento realizado pelo Setransp, em dezembro de 2019, a redução do número de assaltos a ônibus após a implantação do serviço é de 82,99%. Apenas em 2016, ano anterior à implantação da Operação, foram registrados 1374 casos de assaltos, o que reflete uma média de 115 assaltos por mês.

De acordo com o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, esses resultados refletem o êxito do trabalho em conjunto com os demais órgãos. “Em primeiro lugar, eu cumprimento toda a Guarda Municipal pelo excelente trabalho e por esse terceiro aniversário de um programa extremamente exitoso, que reduziu drasticamente os índices de assalto a ônibus, com a contribuição de vários atores, como a polícia militar, a polícia civil e a Setransp. É uma vitória coletiva”, comemora o secretário.

“Nós tivemos de 2016 para a último relatório uma redução de quase 83%. Esse é um índice extremamente expressivo que mostra o excelente trabalho que vem sendo desenvolvido pela Guarda Municipal de Aracaju, o que é motivo de orgulho para a Semdec, para a Prefeitura e para a cidade de um modo geral”, completa Luís Fernando Almeida.

Já em janeiro de 2020, os resultados foram ainda melhores, como aponta o diretor da Guarda Municipal de Aracaju, subinspetor Fernando Mendonça. “Nós podemos constatar que no mês de janeiro de 2020 houve um recorde: registramos apenas 14 assaltos a ônibus, que é o menor número desde o início da Operação Terminal Seguro”, indica o diretor, considerando que o número comparado ao mesmo período de 2016 representa uma redução de 91%.

E essa melhoria também é sentida pelos usuários do transporte público. O escritor Vinícius Oliveira Rocha, que tem o ônibus como principal meio de transporte no dia a dia, conta que já sofreu um assalto na linha 080 Bugio/Atalaia em 2016 – justamente o ano em que houve o pico de assaltos a ônibus.

Atualmente, Vinícius Oliveira relata que observa o patrulhamento com viaturas da Guarda Municipal acompanhando o movimento nos terminais, e considera essa ação diferencial para a garantia da segurança no local. “Como pouco se ouve a respeito de assaltos e arrastões nos terminais, talvez isso seja indicativa justamente de que a presença deles tem funcionado”, afirma o escritor.

Planejamento

Ainda de acordo com o subinspetor Fernando Mendonça, esses resultados só foram possíveis devido ao estudo e planejamento minucioso realizado pelo órgão. “Por meio de dados estatísticos, nós pudemos observar os horários que tinham um índice maior de criminalidade e fizemos o planejamento de forma a atender essa demanda, estabelecendo horários específicos e posicionamentos direcionados”, explica o diretor da Guarda.

Por meio desses estudos, foi possível traçar estratégias individuais de acordo com as demandas de local, dia e horário. “Um exemplo é o terminal do mercado central, onde a operação é iniciada mais cedo, às 5h da manhã, pois é o horário de abertura do local e algumas pessoas já começam a transitar por lá. Já nos finais de semana, a operação tem uma intensificação maior nos terminais da Zona Sul, porque há um fluxo maior para a área das praias.”, afirma o diretor da GMA.

Tudo isso reflete a preocupação da Prefeitura de Aracaju em garantir a segurança da população aracajuana. “Pelos terminais passam pessoas que trabalham, que estudam, que precisam do transporte público, e essa sensação de segurança que a Guarda transmite com essa operação é algo muito importante e que, sem dúvida alguma, é reconhecida pela população do município”, conclui o secretário Luís Fernando Almeida.

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes :

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta