Orientações socioemocionais é o tema da live “Paz em Todo Lugar” desta quarta-feira, 06

“A live “Paz em Todo Lugar” traz para o debate na próxima quarta-feira (06), orientações socioemocionais para estudantes em período de isolamento social. A enfermeira Chenya Coutinho, especialista em Saúde Mental,coordenadora da Rede de Atenção Psicossocial da Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju (SMS), é a convidada desta semana que irá esclarecer dúvidas e questionamentos durante o bate-papo mediado por Márcia Furlan, coordenadora do Núcleo de Apoio Socioemocional  da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura(Seduc).

 

A transmissão ao vivo tem uma hora de duração e começa às10h, no Instagram @educacaose. A finalidade da série é inserir na rotina dos estudantes e professores a reflexão sobre temas relacionados à cultura de paz em tempo de distanciamento social. A iniciativa é promovida pela Seduc, por meio do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional/Serviço de Projetos Escolares em Direitos Humanos (Dase/SEPEDH) e da Assessoria de Comunicação da Secretaria.

 

Segundo Adriane Damascena, coordenadora do SEPEDH, a ação faz parte de uma das metas da Seduc para 2020, que é disseminar a cultura da paz e dar visibilidade às ações que as unidades educacionais já desenvolvem.Ela explica que as lives são uma oportunidade de mostrar que o compromisso da disseminação da paz se faz presente; que a saúde física e mental é um direito humano e que deve ser observada e estimulada mesmo em período de isolamento.”Para se conquistar o ambiente favorável à paz é preciso haver a união de todos. Por isso é importante essa interlocução com as outras secretarias, pois isso requer uma ação intersetorial com vistas à proteção integral do estudante. Uma atenção dos direitos humanos, nesse momento, é fundamental, pois diz respeito à vida”,disse Adriane, enfatizando ainda o agradecimento aos profissionais que estão participando das lives.

 

Lives de Maio

 

No dia 13 de maio, a live terá como o tema central “ A importância do SUS e o princípio da equidade em tempo de pandemia – para redução de desigualdades e garantia de acesso ao cuidado”. Convidado: Andrey Lemos – historiador, mestre em Políticas Públicas em Saúde e Presidente da União Nacional LGBT.O bate-papo será mediado por Virgínia Lucia Menezes– Referência técnica em Planejamento e Qualidade de Vida do Trabalho- DRH/SEDUC.

 

No dia 18, será o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Convidado: Lidiane Gonçalves Ferreira de Oliveira – Técnica do Núcleo de Prevenção de Violências e Acidentes (NUPEVA). Mediador: Anderson de Araújo Reis – Diretor do CREESE /Seduc.

 

Já no dia 20, a Arte Educação em período de Pandemia. Convidado: Clécia Maria Aquino De Queiroz – Professora do Curso de Dança – UFS. O mediador – será o professor Mário Resende da Universidade Federal de Sergipe.

 

Para fechar a programação, no dia 27, será a vez do tema: A comunicação em tempo de Pandemia com a editora-chefe do Portal Infonet, jornalista Raquel Almeida.  A live será mediada pelo chefe de Redação da Seduc, jornalista Silvio Oliveira.

 

 

 

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *