Pular para o conteúdo
Início » Pesquisa inédita de preços de produtos naturais é divulgada pelo Procon Aracaju

Pesquisa inédita de preços de produtos naturais é divulgada pelo Procon Aracaju

Para proporcionar uma referência de preços aos consumidores e estimular o hábito da pesquisa, o Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), vinculado à Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), realizou, entre os dias 3 e 4, pesquisa de preços de produtos comercializados em empórios naturais.

A coleta de dados foi realizada em oito estabelecimentos comerciais localizados nos bairros Jabotiana, Luzia, Suissa, Salgado Filho, Centro, Grageru e Ponto Novo, e analisou os preços de frutas secas, temperos, farinhas, grãos e fibras, castanhas, açúcares e chips.

O coordenador-geral do Procon Aracaju, Igor Lopes, revela que essa é uma pesquisa inédita, em relação aos levantamentos já realizados pelo órgão, até o momento, e que esse é um nicho de comércio que tem crescido bastante, aqui na capital.

“Suprimos, também, com esse trabalho, a necessidade de levar informação, a esses fornecedores, a respeito da legislação consumerista específica desse setor, principalmente, por eles comercializarem produtos perecíveis, que podem impactar na saúde e integridade física do consumidor”, explica.

Igor Lopes orienta, ainda, sobre a comercialização de produtos importados. “Aqueles produtos que forem importados devem trazer as informações claras, em língua portuguesa, traduzidas, se for o caso, para que o Código de Defesa do Consumidor não seja violado”, frisa o coordenador.

Preços
Na categoria frutas secas, o quilo da uva passa está custando entre R$20,00 e R$85,00, ao passo que a tâmara sem caroço (kg) varia entre R$35,80 e R$65,00. Em relação aos temperos, a cebola granulada (kg) apresenta valores entre R$39,90 e R$78,70, enquanto o quilo da páprica doce tem valores que vão de R$19,80 a R$48,00.

No segmento que contempla farinhas, a de linhaça (kg) custa de R$20,00 a R$30,00, e a farinha amêndoa (kg) tem o menor custo de R$70,00 e maior valor de R$120,00. Já no grupo dos grãos e fibras o item mais caro é a semente de abóbora (kg), que está custando entre R$50,00 e R$152,70, enquanto o item mais barato, a ervilha (kg), tem preços de R$13,30 a R$15,00.

Confira a tabela completa.

Atendimento
Em caso de dúvidas ou para registro de denúncias, o consumidor pode entrar em contato com o órgão através do SAC 151 ou da linha telefônica 3179-6040, das 8h às 13h, em dias úteis, de segunda a sexta-feira. Também é possível encaminhar a solicitação para o e-mail procon@aracaju.se.gov.br.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter