Poderes em Degradação: Rodrigo Maia e Bolsonaro trocam farpas

Às vésperas das eleições para a presidência da Câmara dos Deputados, que ocorrerá no dia 02 de fevereiro, Rodrigo Maia, atual Presidente da casa, e Bolsonaro, Presidente do Brasil, começam a trocar farpas.

No último sábado, 09, em resposta ao pronunciamento do Presidente Jair Bolsonaro à coluna da Revista Veja, da sexta, 8, em que culpa Pazuello, ministro efetivo da Saúde, por atraso na vacina de imunização da Covid-19 e perda de popularidade, Rodrigo Maia se referiu a Jair Bolsonaro como “covarde” e o culpou pelas 200 mil vidas perdidas.

Na quinta-feira, 7, Rodrigo Maia já havia falado sobre as diversas perdas no Brasil pela Covid-19: “não são apenas números, são famílias que perderam seus entes queridos”.

 

Poderes em Degradação

 

Há especulações de que a degradação do poder Executivo junto ao Legislativo neste momento delicado reflete diretamente em opiniões políticas. O grupo de Maia fez aliança com o PT nas eleições para a sua sucessão, em apoio a Baleia Rossi. Já Bolsonaro declarou apoio a Arthur Lira, o líder do bloco partidário conhecido como Centrão e, aproveitando, ironizou a aliança feita por Maia.

“O Rodrigo Maia, quando votou pela cassação da Dilma, deu um voto criticando o PT, que perseguiu o pai dele quando era prefeito no Rio. Deu um voto firme, objetivo, apontando que o PT era a maior desgraça do mundo. Hoje, está junto com o PT nas eleições da presidência da Câmara. Pelo poder, água e óleo se misturam. Se bem que ali acho que não é água e óleo não, são duas coisas muito parecidas”.

Em sua defesa, Rodrigo Maia disse que os blocos de direita e esquerda “se unem pra condenar o autoritarismo, o fascismo e a incompetência”, afirmando ainda que é exatamente por isso que Bolsonaro tem criticado e ficado incomodado com essa união.

Outro ponto tocado por Maia é de que o seu partido defende “o papel da política, a relevância de todos os partidos, na construção de soluções para o país” e relembrou: “Em plena pandemia, Bolsonaro estava em praça pública instigando manifestações pelo fechamento do Congresso Nacional e do STF”.

A única certeza que se pode ter em meio a esses atritos é que o resultado desta eleição não será nada fácil e, a depender de quem se eleja, Bolsonaro não terá uma governabilidade descomplicada.

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta