”Prefeito, onde está o dinheiro da Covid?”, questiona a oposição em São Cristóvão

Durante sessão remota, realizada na noite de terça-feira, 23, na Câmara Municipal de São Cristóvão, o vereador Neto Batalha (PP) fez um requerimento verbal recheado de questionamentos ao prefeito Marcos Santana. Segundo o vereador, a população quer saber o destino do recurso enviado pelo Governo Federal aos municípios brasileiros durante a pandemia. “Quanto, quando, onde e o quê fizeram para combater a pandemia em São Cristóvão?”, indagou o parlamentar, apontado como um dos líderes da oposição no município.

Neto Batalha afirma que não deseja criar polêmica com o assunto, mas os questionamentos são necessários porque os vereadores representam o povo no poder legislativo. “De logo, é importante deixar claro que não estou acusando ninguém, todavia a população deseja respostas. Estão nos cobrando nas ruas e repasso a cobrança para o senhor prefeito”, explicou.

Segundo o portal da transparência, o Governo Federal enviou pouco mais de R$ 4 milhões para São Cristóvão, porém o prefeito informa que o valor não passa de R$ 1,2 milhão. “Precisamos saber qual quantia exatamente o município recebeu”, acrescenta o vereador.

Recentemente, ele visitou uma unidade de saúde no conjunto Eduardo Gomes e verificou a presença de apenas um respirador mecânico para todos os pacientes da região. “O povo quer saber alguma notícia sobre convênio com o hospital Nosso Senhor dos Passos. Também perguntam sobre o hospital de Campanha. Infelizmente, até agora nada?”, cobrou.

Publicidade:

Auxílio Emergencial

Neto aproveitou para fazer uma indicação neste momento delicado da pandemia. Pediu ao prefeito que crie um auxílio emergencial no valor de R$ 200,00 para ajudar as pessoas mais necessitadas, a exemplo de artistas e profissionais do setor de bares e restaurantes. “Não basta apenas distribuir cestas básicas, é necessário ampliar a política social no município, pois muitos trabalhadores perderam a renda e estão passando fome”, alertou.

O vereador disse que as críticas feitas à gestão do prefeito Marcos Santana devem ser encaradas como positivas e que surtam efeito imediato para a população. “Desde o dia que tomei posse, afirmei que faria uma oposição construtiva. Devemos deixar de lado as diferenças partidárias e ideologia política para somar esforços em favor da população, afinal é a vida das pessoas que está em jogo”, apontou.

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta