Prefeitura de Aracaju apoiará o projeto “Jovens Cantores do Brasil”

O prefeito Edvaldo Nogueira recebeu, na manhã desta sexta-feira, 29, em seu gabinete, o empresário e otorrinolaringologista, Jeferson D’Avila, e o maestro Sérgio Cunha. No encontro, eles apresentaram ao gestor o projeto social “Jovens Cantores do Brasil”, uma iniciativa pioneira no país, apoiada pelo Ministério do Turismo, para formação de um coral com a participação de 53 crianças e adolescentes da capital sergipana. Ao conhecer o projeto, Edvaldo assegurou que, “assim como entidades empresariais, instituições bancárias e de ensino superior, a Prefeitura apoiará o projeto”.

“É uma iniciativa muito interessante e tenho certeza que fará grande diferença na vida dessas crianças e adolescentes, já selecionados. Eles terão todo o acompanhamento, de forma personalizada, por causa da pandemia, e, neste período, as apresentações também serão diferenciadas, com gravações de vídeos. A ideia é que esse coral seja atuante em nossa cidade e realize diversas apresentações, posteriormente. É importante destacar que o projeto foi aprovado pelo Ministério do Turismo, através da Lei Rouanet, conta com o apoio de instituições de ensino e bancárias, como a Universidade Tiradentes e o Banco do Nordeste, além de entidades empresariais, como a Fecomércio. Assim como essas instituições, a Prefeitura terá grande felicidade em apoiar. Vamos nos envolver e trabalharemos para que isso aconteça”, afirmou o prefeito.

O maestro e responsável pelo projeto social, Sérgio Cunha, explicou como surgiu a ideia e de que forma será colocada em prática. “Esse projeto foi aprovado pela lei de incentivo à cultura, através do Ministério do Turismo. Será um coral inédito no Brasil, com 53 grandes talentos do Nordeste, especificamente de Aracaju e Sergipe. Essas crianças e adolescentes terão aulas teóricas e vão aprender um repertório diversificado, cantando, por exemplo, de forma erudita, o baião de Luiz Gonzaga, até a 9ª Sinfonia de Beethoven. Eles iniciarão o processo de aulas online, devido à pandemia, e haverá uma grande apresentação, um concerto televisionado, sem aglomerações, para que a população veja o resultado”, detalhou.

O maestro informou, ainda, que a previsão é de que a apresentação aconteça no final do primeiro semestre de 2020. “Mas também há uma perspectiva, quem sabe, de conseguirmos realizar um Natal Cantante no final do ano. Temos esperança. É um projeto lindo, que tinha como proposta inicial selecionar 40 participantes, mas acabamos encontrando 53 grandes talentos. Por tanto, nascerá em nossa capital, os Jovens Cantores do Brasil, graças ao apoio de diversas entidades, a exemplo da Prefeitura, e da viabilização desse grande homem que é Jeferson D’Avila”, disse.

Padrinho do projeto, o empresário Jeferson D’Avila agradeceu a Edvaldo por “abraçar a causa”. Ele também destacou que espera que a atitude do gestor “inspire outras entidades” e que “as investidas culturais do prefeito favorecem tanto a cidade quanto o estado”. “Por isso, fica aqui a minha gratidão a Edvaldo, a quem tenho um carinho muito especial, por abraçar o projeto, que ficará aqui, em Aracaju e que servirá de exemplo para todo o Brasil”, frisou.

Foto: Ana Lícia Menezes/PMA

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *