Pular para o conteúdo
Início » Prefeitura de Aracaju realizará castração de 80 gatos no Centro de Controle de Zoonoses

Prefeitura de Aracaju realizará castração de 80 gatos no Centro de Controle de Zoonoses

A Prefeitura de Aracaju, através das secretarias municipais da Saúde (SMS) e do Meio Ambiente (Sema), em parceria com a Organização Não Governamental da Educação e Legislação Animal (ONG – Elan) realizará, nos dias 3, 8,10 e 15 deste mês, a castração de 80 gatos já agendados no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), no bairro Capucho.

De acordo com a gerente do CCZ, Marina Sena, o principal objetivo desta ação é o controle populacional dos felinos, ajudando também na prevenção de zoonoses, que são as doenças que podem ser transmitidas dos animais aos seres humanos.

“A ONG – Elan fará a captura dos gatos, que serão transportados pela Sema, e a equipe do CCZ fará a cirurgia da castração. A castração é uma cirurgia realizada em cães e gatos, para impedir que se reproduzam sem controle. Nas fêmeas, consiste na remoção do útero, trompas e ovário. Nos machos, na remoção dos testículos. Os felinos que serão castrados são de uma colônia, que começou com apenas uma gata, e que vivem todos juntos em uma só residência. Depois de castrados, os gatos poderão ser adotados, solucionando o acúmulo desses animais em um só local”, explica Marina.

Castração

A cirurgia é realizada sob anestesia geral, é considerada de baixa complexidade, mas deve ser executada apenas por veterinários devidamente habilitados. Após a castração, em torno de uma semana o animal estará totalmente recuperado. “Além do controle populacional, a castração evita diversos problemas reprodutivos que podem acometer aos animais, como a piometra [afecções uterinas causadas pelo crescimento excessivo da camada interna do útero acompanhadas de infecção bacteriana] e tumor de mama, principalmente”, enfatiza.

Cadastramento online

Segue disponibilizado no site da Prefeitura de Aracaju, https://accounts.google.com/ServiceLogin/webreauth o cadastramento online para castração de caninos (machos) e felinos (machos e fêmeas) dos seis meses aos oito anos e de tutores residentes na capital. Para Pessoa Física (PF) podem ser cadastrados até cinco animais e Organização Não-Governamental (ONG) sem limite de animais cadastrados.

“O tutor, residente em qualquer bairro da capital, deverá se cadastrar com o RG, comprovante de residência e comprovante de renda de até 1,5 salário mínimo, que pode ser contracheque recente ou, caso não tenha, a ficha resumo do Cras [Centro de Referência da Assistência Social]. No formulário, a pessoa responsável deve marcar corretamente as opções correspondentes ao animal e anexar os documentos solicitados, pois, sem isso, o cadastro não terá validade. Feito o cadastro, ela deve aguardar o contato telefônico do CCZ, para agendar o procedimento”, orienta.

Para tirar dúvidas ou obter mais informações, o contato do CCZ é o 3179-3564, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 15h.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter