Prefeitura de São Cristóvão distribuirá 10 mil cestas básicas por mês

Dentro da política de assistência à pessoa em situação de vulnerabilidade, a Prefeitura de São Cristóvão iniciou a distribuição de cestas básicas em todas as regiões do município. A estimativa é que 10 mil famílias recebem os mantimentos nas próximas semanas, destinados prioritariamente aos usuários do Bolsa Família (com renda até 150 reais).

Nesta primeira entrega foram contemplados os moradores das localidades: Maria do Carmo, Caípe Velho, Caípe Novo, Candeal, Tinharé, Chica, Pedreira, Purga, Senhor Do Bomfim, Parque Santa Rita, Aningas, Recreio Dos Passarinhos , Country Club, Colônia Miranda, Arnaldo De Moura, Arame I, Coqueiro, Bom Jardim, Florestan Fernandes, Carmo, Rita Cacete, Feijão, Cajueiro, Nova Conquista, São Luiz, Timbó Da Barragem, Aldeia, Timbó (do Presídio), Ingazeira, Arame II, Cardoso, Assentamento Rosa Luxemburgo, Umbaubá, Santo Inácio, Madre Paulina, Povoado Cabrita, Emília Maria, Camboatá, Caritá, Várzea Grande, Jardim Universitário, Nosso Lar e Recanto Dos Pássaros.

“Essas cestas fazem parte de uma política de assistência que já existia no município, e com a necessidade da população, foi ampliada diante da pandemia. Na primeira semana entregamos cerca de 2 mil cestas, como forma de amenizar situações de vulnerabilidade, seja de pessoas que perderam o emprego neste momento da pandemia ou que por ventura não estejam exercendo seus trabalhos informais. Nossa meta é atingir o maior número de famílias possíveis do município. Com esses mantimentos conseguiremos garantir com que as famílias tenham alimentação variada por um período maior de tempo”, pontuou a secretária de governo e relações comunitárias de São Cristóvão, Paola Santana.

Segundo a moradora do Arame II, Maria Lúcia de Almeida, que trabalha como marisqueira, o recebimento da cesta básica vai ajudar a amenizar um pouco a queda na renda. “Eu tinha feito o cadastro para recebimento do peixe, mas achei a cesta melhor. Como não podemos vender os mariscos, por conta do contato com os clientes, esses alimentos vêm trazer um pouco de tranquilidade durante alguns dias. Toda a ajuda é essencial neste momento”, frisou.

Para Maria Valdice Hora, que reside no povoado Rita Cacete, a cesta básica vai ajudar a complementar os alimentos em casa. “Eu e minha irmã ficamos revezando os cuidados com a nossa mãe, que é acamada, então a renda da casa caiu nesse momento de coronavírus. A cesta vem para trazer mais comida para dentro de casa, e eu recebo com todo o agradecimento esses alimentos”, enalteceu.

De acordo com Rosenilde Ferreira Costa, moradora do povoado Cardoso, o benefício da cesta básica veio em um bom momento. “Está sendo algo bom. Uma ajuda, principalmente, para quem está em casa sem trabalhar nesse período”, avaliou a dona de casa.

A mesma opinião foi compartilhada por Ana Lúcia dos Santos, também do Cardoso. “Agradeço essa iniciativa da Prefeitura de São Cristóvão porque a comunidade estava carente de comida. Estou sem trabalhar e graças a Deus essa cesta vem ajudar bastante”, concluiu.

Tira dúvida

Publicidade:

Segundo explicou Paola Santana, a prefeitura também já disponibilizou os telefonas dos dois Centros de Referência da Assistência Social, o CRAS Eduardo Gomes (99894 8182) e o CRAS Centro Histórico (99814 6538) para sanar quaisquer dúvidas que a população tenha neste momento em relação a entrega das cestas básicas.

“Estes números são para aquelas famílias que estejam dentro dos parâmetros para receber a cesta e que por ventura não tenha recebida. Pedimos que entrem em contato com nossos servidores para passar seus dados e saber melhor como receber os mantimentos. A Prefeitura de São Cristóvão, através das secretarias municipais de assistência social e educação, está totalmente mobilizada para atender a população mais necessitada neste momento crítico de pandemia. A nossa meta é a distribuição total de 10 mil cestas básicas por mês”, concluiu.

Para a retirada da cesta básica se faz necessária a apresentação da documentação de comprovação do Cadastro Único em nome do representante legal do Bolsa Família: cartão do bolsa família, RG, comprovante de residência.

Fotos: Diretoria de Comunicação de São Cristóvão.

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta