Pular para o conteúdo
Início » Propriedade intelectual: importância estratégica da inovação para desenvolvimento de empresas

Propriedade intelectual: importância estratégica da inovação para desenvolvimento de empresas

Dia Mundial da Propriedade Intelectual, 26 de abril, promovido pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI ou do inglês WIPO), coloca os jovens no centro das discussões. Com o tema “PI e juventude: inovar por um futuro melhor”, a OMPI lança um olhar para os desafios da inovação com uso de energia, engenhosidade, criatividade e curiosidade com foco nas mudanças positivas que perpassam por metas, geração e renda, criação de novos postos de trabalho e o enfrentamento aos desafios locais e mundiais.

“Inovar é criar algo novo, é introduzir no mercado novidades, renovar, recriar, é sinônimo de mudanças e/ou melhorias de algo já existente. A propriedade intelectual é um fator determinante para o desenvolvimento econômico e social sustentável de um país, ele tem como objetivo aumentar a competitividade criando um ambiente de negócios de modo a assegurar às empresas a proteção ao investimento, bem como a estimular à criação e à capacitação tecnológica”, pontua a Analista de Inovação da Agência de Gestão da Inovação e Tecnologia (AGITEC), do Instituto de Tecnologia e Pesquisa – ITP, Ila Natielle.

A Analista de Inovação do ITP explica que a PI é composta por três categorias. “Direitos autorais é o direito exclusivo do autor sobre a criação de sua obra intelectual. Propriedade industrial que é o conjunto de proteção de direitos sobre as patentes de invenção, patente de modelo de utilidade, registro de desenho industrial, registro de marcas, bem como a repressão da concorrência desleal e às falsas indicações geográficas. E a Proteção Sui Generis que garante a proteção aos ativos, a exemplo de cultivares, topografia de circuitos integrados e conhecimento tradicional”, afirma.

O uso indevido de direitos de propriedade intelectual de terceiros pode gerar muitos transtornos. “Indenização por eventuais danos morais e materiais, pode resultar em um enorme prejuízo financeiro”, alerta Ila Natielle.

Proteja a sua invenção

A Agência de Gestão da Inovação e Transferência de Tecnologia, atua como Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do Instituto de Tecnologia e Pesquisa, com o objetivo geral de gerir toda matéria passível de proteção por lei, provenientes das pesquisas realizadas pelo Instituto transferindo para a sociedade por meio de sua comercialização. Nesse sentido, a AGITEC também presta assessoria em registro de marcas, registro de softwares e patentes que perdura por todo o processo, zelando pela integridade moral e material da Propriedade Industrial. A AGITEC orienta quanto aos riscos a que estão sujeitos quando não procedem corretamente com a proteção da Propriedade Intelectual.

O ITP oferece serviços na área relacionados a Marcas, Registros de software e patentes. Trabalhamos com busca detalhadas, relatórios, registro e acompanhamento junto ao INPI, confecção dos documentos exigidos pelo INPI, adequação de acordo com as normas estabelecidas na Lei de Propriedade Industrial. Para saber mais acesse www.itp.org.br ou entre em contato com Agitec através do e-mail: agitec@itp.org.br ou pelo telefone (79) 3218-2190.

Ascom | ITP