Pular para o conteúdo
Início » Quadrilha Junina Século XX é reconhecida como Patrimônio Cultural e Imaterial de Aracaju

Quadrilha Junina Século XX é reconhecida como Patrimônio Cultural e Imaterial de Aracaju

O Projeto de Lei nº 102/2020, de autoria do vereador Professor Bittencourt, foi aprovado em redação final na manhã desta terça-feira, 12, durante a sessão ordinária na Câmara Municipal de Aracaju (CMA).

O projeto reconhece a Quadrilha Junina Século XX como Patrimônio Cultural e Imaterial do município de Aracaju. A quadrilha tem 58 anos de fundação, sendo a mais antiga do estado de Sergipe e a quarta mais antiga do Brasil, e acumula ao longo da sua história títulos importantes.

Para o parlamentar, a aprovação desse projeto em unanimidade é uma justa homenagem para a quadrilha, seus integrantes e todos aqueles que fazem os festejos juninos.

“Quero agradecer a todos os vereadores pela unanimidade na aprovação do projeto de lei. Também quero reafirmar que,  mais que uma homenagem a essa grande quadrilha junina que cumpre um papel com muito esforço, muita dedicação em manter uma tradição tão importante da nossa cultura, de preservar traços importantes dessa tradição, é também uma homenagem para todos aqueles que fazem os festejos juninos”.

“Conceder esse título de reconhecimento é importante na medida em que possamos cada vez mais dar visibilidade através da quadrilha Século XX a essa manifestação importante da nossa cultura e tradição, e que possa estimular outras tantas quadrilhas juninas a também perseguirem a longevidade e a preocupação em manter essa tradição. Fico muito feliz e quero parabenizar toda a família do Francisco Bispo, fundador da quadrilha, parabenizar também o Joel que hoje mantém toda a diretoria e fico muito feliz em ter sido o instrumento que viabilizou esse reconhecimento”, destacou.

Além desse projeto, também é de autoria do vereador Professor Bittencourt, a lei que transformou os festejos juninos da Rua São João em Patrimônio Histórico, Cultural e Imaterial da cidade de Aracaju. Nesse mesmo seguimento, o parlamentar também apresentou o Projeto de Lei que reconhece como Utilidade Pública a Liga das Quadrilhas Juninas de Aracaju e Sergipe, assim como dá reconhecimento cultural e imaterial à Trezena de Santo Antônio da Colina de Santo Antônio, em Aracaju.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter