Pular para o conteúdo
Início » Réu por corrupção, Valmir de Francisquinho está inelegível por decisão do TRE-SE

Réu por corrupção, Valmir de Francisquinho está inelegível por decisão do TRE-SE

O ex-prefeito de Itabaiana Valmir de Francisquinho, embora tenha anunciado a pretensão de se candidatar a governador do Estado pelo partido do presidente Bolsonaro, o PL, está inelegível por decisão colegiada do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SE).

Na decisão, tomada em ação movida pelo Ministério Público Eleitoral, o relator do processo, desembargador Diógenes Barreto, destacou que o ex-prefeito cometeu “práticas abusivas graves o suficiente para levar à configuração do ilícito [abuso do poder político]”.

O relator, cujo voto foi acompanhado pelos demais membros da corte, destaca ter ficado comprovada a utilização da estrutura da prefeitura de Itabaiana a favor da candidatura de Talysson, “com a realização de diversos eventos, publicidade institucional, pintura de imóveis da municipalidade, com o uso da cor azul (ao passo que a campanha do acionado era chamada de “Onda Azul”), em alusão à cor predominante na campanha do então candidato que, na campanha, se apresentava como filho do prefeito”.

Não bastasse estar inelegível, Valmir é réu por corrupção num processo que apura o desvio de quase R$ 6 milhões dos cofres da Prefeitura de Itabaiana, a partir de uma denúncia formulada pelo Ministério Público e aceita por unanimidade pelo Tribunal de Justiça.

Para embasar a denúncia, o Ministério Público apresentou as provas coletadas pela Polícia Civil no curso da Operação Abate Final, investigação que comprovou a prática de desvio de dinheiro público do matadouro de Itabaiana e resultou no afastamento do então prefeito do cargo, o qual chegou a ser preso e encaminhado ao presídio.

Sem constrangimento em responder processo por corrupção, Valmir se diz preparado para administrar o orçamento bilionário do Estado, e conta, para isso, com a cumplicidade do empresário e conhecido fazendeiro Edivan Amorim, presidente estadual do PL, partido ao qual o ex-prefeito de Itabaiana está filiado.

_A matéria foi atualizada para correção de informação._

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter