Ricardo Marques reforça a urgência da licitação do transporte de passageiros de Aracaju

Um dos principais problemas enfrentados pela população da capital é relacionado ao transporte nos ônibus coletivos. Os passageiros reclamam da situação dos veículos, da manutenção e demora nas reformas dos terminais, tarifa alta e serviço de baixa qualidade, constantes atrasos e superlotação.

Atento às necessidades do povo, o vereador Ricardo Marques (Cidadania) que conhece de perto os transtornos diários enfrentados no sistema, levou mais uma vez a situação para a Câmara Municipal de Aracaju e reforçou a necessidade da licitação do transporte. Foi durante a sessão desta quinta-feira, 4 de novembro.

“Já passou da hora da prefeitura resolver essa situação. Quero convidar os colegas a visitarem os terminais de integração e ouvir os anseios e reclamações da população aracajuana que paga uma das passagens mais caras das capitais do Nordeste”, garante.

Ricardo exibiu vídeos de problemas no transporte que mostraram como a população sofre diariamente.

“Será que ninguém da Prefeitura de Aracaju e SMTT está vendo o quanto a população está sofrendo? Afinal, estamos satisfeitos com o transporte de passageiros? A licitação é importante porque vai estabelecer direitos e deveres das empresas que estão prestando serviço, e a prefeitura pode retomar o controle total do sistema, que hoje está nas mãos do Setransp.”, sugere.

O parlamentar lembrou que o prefeito de Aracaju promete fazer a licitação do transporte público há anos. “Essa foi uma promessa do atual prefeito em todas as campanhas que ele participou, mas não entendo porque nunca sai do papel. Vejo muito se falar sobre a cidade do futuro nos planos da prefeitura, mas pouca coisa a respeito dos problemas que temos hoje e que são antigos e que continuam a nos assombrar. O prefeito diz que precisa de verba do Governo Federal para investir no transporte, mas não faz o básico que é uma licitação”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *