Pular para o conteúdo
Início » Ricardo Marques relembra caso Genivaldo e alerta que família não tem recebido ajuda

Ricardo Marques relembra caso Genivaldo e alerta que família não tem recebido ajuda

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) esteve nesta semana na cidade de Umbauba, onde participou de entrevista e também esteve da sessão da Câmara Municipal de Umbaúba. Em conversa com os vereadores umbaubenses ele perguntou sobre a situação da família de Genivaldo Santos, que morreu em maio após a abordagem de agentes da PRF, as margens da BR 101. Segundo informaram a Ricardo Marques, depois da comoção momentânea e da visita da Comissão de Direitos Humanos do Senado o caso está sendo esquecido e a família conginua sem receber ajuda.

“A família precisa e merece ser ajudada já que Genivaldo era o provedor da casa. A Câmara de Umbaúba enviou toda a documentação para o Senado e aguarda a apreciação da matéria. Peço celeridade porque a família não pode esperar”, apela Marques.

O projeto propõe o pagamento de uma pensão à família de Genivaldo, morto durante uma abordagem de agentes da Polícia Rodoviária Federal na BR-101, na cidade Umbaúba. A proposta determina o pagamento de uma pensão especial vitalícia à Maria Fabiana dos Santos, viúva, e uma pensão temporária a Enzo Santos, filho de Genivaldo. As duas pensões propostas são no valor de R$ 1.212.

Segundo laudo da Polícia Civil, Genivaldo, de 38 anos, diagnosticado com esquizofrenia, morreu por asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda. A polícia federal pediu mais tempo para concluir o inquérito, que deve terminar no final deste mês.