Rodrigo Valadares volta a solicitar reconstrução da Rota do Leite

Na última terça-feira, 01, o deputado estadual, Rodrigo Valadares, voltou a cobrar a reconstrução da Rodovia SE-175, conhecida como Rota do Leite, no trecho que liga os municípios de Nossa Senhora da Glória ao Povoado Jibóia, no município de Gararu, abrangendo os municípios de Porto da Folha, Graccho Cardoso, Feira Nova e Itabi.
“Continuamos na luta para reconstruir a Rota do Leite. Este é antigo sonho dos moradores da região que, por mais de quatro décadas, vem sofrendo com os diversos transtornos causados com a precariedade da estrada, principalmente em épocas de chuva”, disse.

Em seu gabinete, o deputado recebeu antigos moradores da região e integrantes da comissão em prol dessa reconstrução, Ceiça Vieira e Elenilton Santos. Eles ainda necessitam transitar pela região para visitar seus familiares e amigos de infância, mas contam que sempre passam por as mesmas dificuldades, além de ver o sofrimento daqueles que moram por lá.

“As condições da rodovia, que é muito movimentada, acarreta em prejuízos econômicos e dificulta o desenvolvimento da região, atrapalhando o escoamento da produção agrícola e o tráfego de transporte escolar, passageiros e produtores dessa importante bacia leiteira. Prejudica os moradores não só do alto sertão, mas também, indiretamente, de todo o Estado”, conta o deputado.
O parlamentar já teve duas indicações aprovadas na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), em que pede tanto a realização de obras de terraplanagem e asfaltamento, como também a sinalização. Todavia, o Governo do Estado alega não ter dinheiro para a obra, que custa em torno de 80 milhões de reais.
Diante disso, Rodrigo se comprometeu em se somar à comissão e buscar, junto à Bancada Federal, emendas que possam contribuir com as obras da Rodovia, além de continuar cobrando e lutando para que o problema seja, finalmente, resolvido.
Por Luísa Passos, assessora de imprensa

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *