Pular para o conteúdo
Início » “Rogério Carvalho botou na gaveta a CPI da Lava-Toga numa aliança com Bolsonaro e o Centrão”, afirma Alessandro Vieira

“Rogério Carvalho botou na gaveta a CPI da Lava-Toga numa aliança com Bolsonaro e o Centrão”, afirma Alessandro Vieira

Em seu primeiro ano de mandato no Congresso, o senador Alessandro Vieira (PSDB), pré-candidato ao Governo do Estado, protocolou um pedido de abertura da CPI da Lava-Toga, que tinha o objetivo de investigar condutas de membros do Supremo Tribunal Federal – STF e demais tribunais superiores do país. O relator da CPI foi o senador Rogério Carvalho (PT), que optou por engavetar a proposta.
“Numa aliança com o Centrão e Bolsonaro, Rogério Carvalho botou na gaveta a CPI da Lava-Toga. Conseguimos as assinaturas, colocamos o projeto de pé e tomamos uma pressão violentíssima do Palácio do Planalto. Infelizmente, por conta da interferência do filho Flávio, Bolsonaro foi contra a CPI. Hoje ele fala dos ministros do STF, mas teve nas mãos a chance de resolver. Não quis resolver e no final das contas teve o engavetamento promovido pelo senador sergipano do PT”, enfatiza Alessandro Vieira.
Na avaliação de Alessandro Vieira, existe um problema sério nos tribunais superiores e que deveria ser investigado. “Que é essa infiltração da política e, talvez, uma infiltração de corrupção. Todo mundo na vida pode ser investigado. O Brasil é um país que já prendeu ex-presidente, governador, deputado, senador, policial, promotor, entre outros. Só não investiga ministro do Supremo, como se fossem acima da lei, e não é verdade. A lei é igual para todos”, salienta Alessandro.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter