São Cristóvão: Atualização cadastral dos usuários do SUS é realizada

A prefeitura de São Cristóvão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), já iniciou a atualização de dados dos usuários cadastrados no Sistema Único de Saúde (SUS). Esse cadastro pode ser feito nas unidades de saúde com uso do CPF e do comprovante de residência ou mesmo durante as visitas domiciliares dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) até o mês abril.

Durante a visita são preenchidas informações como endereço, documentos pessoais e telefones na ficha do “e-SUS”, sistema de informação do Ministério da Saúde, para que sejam identificados dados como número de pessoas residentes no local, quadro de saúde de adultos e idosos, entre outros dados ligados a saúde das mulheres, crianças, gestantes e portadores de doenças crônicas.

O objetivo desta ação é adequar o município ao novo modelo do Ministério da Saúde. O procedimento permitirá a construção de um banco de dados para avaliação e planejamento das ações do serviço público de saúde, especialmente na Atenção Primária, que cuida dos problemas mais frequentes, como diabetes e hipertensão, por meio de consultas médicas, exames e vacinação.

Importância do cadastro

Publicidade:

A secretária municipal de saúde, Fernanda Santana destacou a importância da população  realizar o cadastro para a manutenção de serviços e programas importantes. “A população precisa ficar atenta para o cadastramento, permitindo a visita dos Agentes de Saúde ou se deslocando até a unidade de saúde da sua área, passando as informações necessárias.  Esse cadastramento vai nos permitir manter a qualidade no atendimento e a manutenção de programas como o Saúde na Hora”.

Atualmente, cerca de 90 milhões de pessoas estão cadastradas nos serviços da atenção primária. De acordo com o Ministério, a meta, a partir do cadastramento, é chegar a cerca de 140 milhões de pacientes vinculados às equipes de saúde. Com isso, a ideia é aumentar o número de pessoas acompanhadas nos serviços de saúde, principalmente quem recebe benefícios sociais, crianças e idosos.

Novos usuários

Mesmo quem não utiliza os serviços do SUS, é recomendável que receba os agentes comunitários ou que procure uma UBS para fazer o cadastro, que auxiliará o Ministério da Saúde a manter um banco de dados com registros dos procedimentos ambulatoriais e hospitalares, além de centralizar todas as informações do paciente como consultas, exames, medicamentos e procedimentos de saúde.

 

Fotos: Heitor Xavier.

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

 

Siga nossas redes :

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *