Pular para o conteúdo
Início » Se Liga 16: Centro de Excelência Professor João Costa recebe o projeto

Se Liga 16: Centro de Excelência Professor João Costa recebe o projeto

O Centro de Excelência Professor João Costa, em Aracaju, foi palco do lançamento do Projeto “Se Liga 16 – Caravana Estudantil Incentivando a Política do Primeiro Voto”, iniciativa que é fruto de uma parceria exitosa entre a União dos Estudantes Secundaristas (USES), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e o Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe, com o apoio do Grêmio Estudantil Aldo Arantes e da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc). O evento aconteceu na manhã desta quinta-feira, 7, e foi prestigiado pela vice-governadora do Estado, Eliane Aquino.

O projeto tem o intuito de estimular os alunos da rede pública estadual a compreenderem a importância de tirarem seu primeiro título de eleitor e exercerem sua cidadania por meio do voto. Na abertura do evento, a vice-governadora Eliane Aquino falou sobre a importância de os jovens tirarem seus títulos e assumirem também sua responsabilidade individual em relação ao país e ao estado que desejam. “A política é a arte da transformação. Uma arte que transforma nosso bairro, nossa cidade, nosso estado e nosso país. Não podemos mais nos guiar por discursos de que a política é algo ruim, com a qual não se quer envolver-se. Ao contrário, somos seres políticos e o que queremos é que vocês tenham muita consciência sobre a responsabilidade do voto e sobre como uma escolha errada afeta a vida de todos”, afirmou.

 

Uma das idealizadoras do projeto, a presidente da USES, Lizandra Dawany, destacou que a meta é ter jovens mobilizadores do projeto nas 300 escolas do Estado. “Somente em Itabaiana, por meio de uma mobilização do Conselho Estadual de Educação com o apoio do Grêmio Estudantil, cerca de 400 alunos do Colégio Estadual Murilo Braga emitiram seu primeiro título. Nosso objetivo é que o Centro de Excelência João Costa siga o mesmo caminho”, declarou.

Para a gestora da Diretoria de Educação de Aracaju (DEA), Gilvânia Guimarães, o projeto Se Liga 16 cumpre um papel essencial para a mobilização e conscientização dos alunos da rede pública. “Hoje é um dia muito especial, pois essa ação da USES, da UBES e do Tribunal Regional Eleitoral, de levar mais informação e sensibilizar nossos estudantes sobre a importância do voto consciente, pode fazer muita diferença. Queremos jovens pensantes que participem ativamente do processo eleitoral e que exerçam sua cidadania plena. Por isso, se liga 15, 16, 17 e 18. Se você pode tirar o título, não deixe para a última hora”, disse.

 

Fortalecimento da democracia

 

No auditório, que reuniu cerca de 200 alunos do centro de excelência, os estudantes receberam informações contextualizadas sobre a importância do voto para o fortalecimento da democracia e sobre as consequências de se omitir ou fazer uma opção ruim na hora de escolher seus candidatos. Tudo isso sob o olhar atento e a participação de representantes do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe.

“No último levantamento que fizemos, Sergipe tinha 2.968 adolescentes de 16 anos com título de eleitor. Entre adolescentes com 17 anos, esse número foi de 8.936. Mas somente a ação no Murilo Braga, com 400 novos títulos emitidos, mostra-nos o quanto há muitos adolescentes que ainda não têm o documento e quanto o que vocês estão fazendo é fundamental. Parabenizamos muito essa iniciativa”, afirmou o representante do TRE, André Frossard. Ele também aproveitou a oportunidade para destacar que os adolescentes fiquem muito atentos e não se deixem levar por fake news. “A urna é extremamente segura. Somente em Sergipe são cerca de 5.400 equipamentos distribuídos em todo o estado. A urna pode até quebrar e ser substituída no dia da votação, mas é essencial que vocês saibam que seus dados não podem ser violados”, declarou.

Também representando o TRE, Lídia Cunha Mendes disse que esse espaço dentro das escolas é muito rico e que precisa ser replicado. “Estamos aqui para que vocês possam tirar suas dúvidas, venham a conhecer o funcionamento das urnas, mas, sobretudo, que compreendam a importância de cada um se sentir estimulado a participar ativamente do processo político. Daqui podemos ter futuramente um vereador, um deputado, um político comprometido com o povo”, disse. Ela também ressaltou o quanto é necessário que as adolescentes tenham uma maior participação política. “Somente em 1932 as mulheres tiveram direito ao voto. Somos, como mulheres, a maioria do eleitorado, mas seguimos sendo minoria quando pensamos em representatividade”, afirmou.

Se Liga

Para tirar o primeiro título de eleitor, o adolescente que já tem 16 ou 17 anos ou que vai completar 16 anos até o dia 2 de outubro pode acessar o site do Tribunal Superior Eleitoral (www.tse.jus.br) e solicitar o documento até o dia 4 de maio.

*Com informações da vice-governadoria do Estado de Sergipe

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter