Se o PL fizer dois vereadores em Aracaju serão dois ladrões a menos, diz Milton Andrade

Na condição de presidente do diretório do PL (antigo PR) em Aracaju – partido cujo diretório estadual é presidido por Edvan Amorim -, o empresário Milton Andrade disse nesta terça-feira (17), em entrevista ao Jornal da Manhã (rádio Jovem Pan Aracaju), acreditar na possibilidade de eleger até dois vereadores na capital e que se isso ocorrer “serão dois ladrões a menos [na Câmara]”.

“Eu imagino que nós vamos conseguir fazer [eleger] dois vereadores no PL, tá? Então vão ser duas pessoas qualificadas na Câmara de Vereadores [de Aracaju] e dois ladrões a menos. É o que vai acontecer. Porque se a gente deixar essa vaga em aberto, quem vai assumir lá é muito pouco provável que seja pessoa de bem. É só você olhar”, disse Milton ao insinuar que todos os atuais vereadores da capital são ladrões.

Durante a entrevista, Milton – ex-PMN e ex-NOVO – afirmou que sua ida para o PL – liderado nacionalmente pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto, condenado e preso no escândalo de corrupção do mensalão -, objetiva, de forma inusitada, fortalecer a pré-candidatura da delegada Danielle Garcia à prefeitura de Aracaju pelo Cidadania, partido presidido em Sergipe pelo senador Alessandro Vieira.

O Milton que agora se mostra defensor da renovação política é ex-secretário municipal adjunto da gestão de João Alves na Prefeitura de Aracaju (2013-2016), cargo que o motivou a ir às ruas na última eleição municipal defender a reeleição do então prefeito – já cometido por sério problema de saúde-, e ignorar todo o desastre administrativo daquele governo, que não pagava em dia fornecedores, prestadores de serviços e tampouco o funcionalismo.

Ao ser questionado sobre a aliança política do senador Alessandro com a ex-prefeita de Riachão do Dantas, Gerana Costa, que teve o mandato cassado por fraude ao processo eleitoral, Milton tentou minimizar o grave delito cometido pela nova aliada do seu agrupamento ao dizer que ela não cometeu ato de corrupção, mas sim “um deslize” ao divulgar pesquisa eleitoral sem registro na Justiça Eleitoral, na véspera da eleição, com dados que não condiziam com a realidade e que influenciaram o resultado do pleito em seu favor.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Publicidade:

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes :

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta