Seduc leva plantio de mudas para escolas e sensibiliza jovens sobre preservação do meio ambiente

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio da Coordenadoria Especial de Juventude (Cejuve), está dando continuidade ao projeto “Jovem Sustentável”. Esta ação visa sensibilizar e fazer os jovens refletirem sobre a preservação do patrimônio ambiental e escolar por meio da arborização e implementação de áreas verdes nas escolas. O projeto teve início no dia 21 de setembro, e de lá para cá, já esteve em sete unidades de ensino da rede estadual. Na manhã desta quarta-feira, 13, foi a vez do Colégio Estadual Felipe Tiago Gomes, em Maruim. O evento teve início com uma palestra sobre patrimônio material e imaterial, recuperação das áreas verdes, entre outros assuntos, ministrada pela técnica da Cejuc, Cristiane Barreto. A iniciativa passará por todas as diretorias regionais de educação (DREs) e conta com a parceria do Instituto Canto Vivo, Associação Internacional de Estudantes (Aisec) e da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso).

 

A ação contou com a participação da diretora da DRE 8, Marleide Cruz de Araújo, que destacou a importância desse projeto para os alunos. “É uma ação extremamente louvável para os nossos jovens que precisam cuidar do meio ambiente hoje para as futuras gerações. É preciso que a gente esteja sempre sensibilizando na prática sobre a importância de proteger e cuidar do meio ambiente”, disse.

 

A mobilização para as questões ambientais seguirá até o fim do ano, e a próxima será no dia 18 de outubro, no Colégio Estadual Professor Leão Magno Brasil, em Nossa Senhora do Socorro, com o envolvimento das prefeituras e os gestores de juventude dos municípios. “Esta ação é fundamental para que eles sejam mobilizadores sociais conscientes e sensibilizados para a causa ambiental. Mais tarde eles poderão ser gestores, técnicos que irão trabalhar com licenciamento ambiental, com a preservação da natureza e dos recursos naturais. É importante que eles multipliquem esse conhecimento e possam fazer ações de sensibilização junto à comunidade escolar e fora da escola”, declarou Cristiane Barreto que agradeceu aos gestores escolares por abraçar esse projeto.

 

Plantio de mudas

 

Ao fim da palestra, os alunos foram ao fundo da escola, onde participaram do plantio de mudas de ipê, típica da Mata Atlântica. A jovem Sabrina Vieira Dantas, aluna do 1º ano do ensino fundamental, mostrou-se interessada e também plantou uma muda. “Com esse gesto, a gente não está apenas embelezando a escola, mas também nos preocupando com a questão do meio ambiente. A poluição na cidade é enorme, e a gente quer ajudar a preservar o meio ambiente. Podem ser poucas mudas, mas já estamos dando um passo para a preservação do nosso ecossistema”, declarou.

 

O seu colega Maycon Félix Gomes dos Santos também falou sobre a necessidade de uma ação como essa. “Essas mudas vão virar árvores que deixarão a escola mais bonita e saudável. Para o meio ambiente isso é bom e vai servir para as próximas gerações. Além de plantar, vamos ajudar a cuidar, sempre regando e limpando, para que as árvores cresçam”, disse.

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta