Senador Alessandro assume envio de informação falsa à Justiça Eleitoral

Para justificar contratação feita pelo Cidadania de empresa de integrantes do partido, o senador desmente dados oficiais registrados no sistema do Tribunal Superior Eleitoral

Ao tratar da contratação feita pelo Cidadania/SE de um instituto de pesquisa cujos sócios são filiados ao partido, o senador Alessandro Vieira rebateu nesta terça-feira (28) a informação de que a sondagem de intenção de voto seria paga com recursos do fundo partidário. Com isso, o parlamentar assume o envio de informação falsa à Justiça Eleitoral.

Segundo o registro da pesquisa no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (SE-03021/2020), o diretório estadual do Cidadania contratou a empresa Certa Consultoria e Pesquisas LTDA para sondar a opinião dos eleitores aracajuanos quanto à intenção de voto para o cargo de prefeito nas eleições 2020.

Para tanto, o diretório do Cidadania, presidido por Alessandro e o instituto de pesquisa recém criado por membros do partido, informaram à Justiça Eleitoral que origem do recurso que custearia a pesquisa seria o fundo partidário e recursos próprios.

Porém, o senador agora desmente a informação registrada junto ao TSE ao afirmar que o levantamento foi pago apenas com recursos dos filiados ao partido.

Desse modo, quem divulgou fake news, nesse caso registrou informação falsa, não foi o Imprensa 24h, como tem afirmado o senador, mas sim o diretório do partido presidido por Alessandro e a Certa Consultoria, empresa do assessor parlamentar da deputado estadual Kitty Lima (Cidadania).

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes :

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta