Pular para o conteúdo
Início » Senador Alessandro Vieira comemora avanço na obra do Hospital de Amor de Lagarto e afirma que será uma grande conquista para Sergipe

Senador Alessandro Vieira comemora avanço na obra do Hospital de Amor de Lagarto e afirma que será uma grande conquista para Sergipe

O senador Alessandro Vieira (PSDB), pré-candidato ao Governo de Sergipe, visitou as obras do Hospital de Amor, em Lagarto, na terça-feira (06). Iniciada em janeiro de 2022, a construção tomou forma e tem previsão de início dos atendimentos à população sergipana ainda este ano.

 

A Unidade Oncológica será o maior centro de prevenção e tratamento contra o câncer do Nordeste, e sua proposta inicial teve participação direta do senador Alessandro Vieira, que, em três anos, destinou mais de 9,7 milhões para a implantação do projeto em terras sergipanas.

 

“Na minha passagem pelo município de Lagarto, pude conferir de perto o andamento da obra e renovar a esperança de que logo, logo o povo sergipano contará com o maior complexo hospitalar do Nordeste em prevenção e tratamento de câncer. Fico feliz em fazer parte dessa história. As obras estão avançando e será uma grande conquista para o povo sergipano, principalmente para os que dependem dos serviços do SUS para tratamento do câncer”, assegurou Alessandro Vieira.

 

Vieira relembra que em 2019 iniciou o diálogo com Henrique Prata, presidente da instituição, e a partir da mobilização de toda a bancada sergipana foi possível a construção da unidade do Hospital de Amor em Lagarto. “Será um hospital de ponta, ligado à estrutura do Hospital de Amor de Barretos (SP). Durante a visita confirmei o andamento da obra e o tanto que essa iniciativa vai melhorar a qualidade do atendimento prestado aos pacientes oncológicos sergipanos, confirmando a cidade de Lagarto como um polo de saúde em Sergipe”, destacou Vieira.

O terreno em que o hospital está sendo construído foi uma doação da Prefeitura de Lagarto, sua área chega a 500 mil metros quadrados. Com sua construção, a população do Nordeste poderá contar com tratamento de quimioterapia, radioterapia, serviços ambulatoriais, radiologia e radiologia intervencionista até o final deste ano.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter