Pular para o conteúdo
Início » SergipeTec promove oficina para discutir as mudanças climáticas

SergipeTec promove oficina para discutir as mudanças climáticas

O SergipeTec Parque Tecnológico realizou na manhã da última terça-feira, 2, uma oficina sobre mudanças climáticas. O objetivo foi discutir estratégias para elaboração de uma agenda de trabalho no combate às mudanças climáticas no estado de Sergipe. O evento foi organizado pela Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente de Sergipe – SERHMA em parceria com o SergipeTec. Além da criação da agenda de trabalho, o SERHMA planeja estar de acordo com o Plano de Controle de Emissões Atmosféricas do Estado de Sergipe, que propõe atividades para redução de poluentes no estado.
O Diretor Presidente do SergipeTec, Eduardo Prado, abriu a oficina falando dos impactos globais com as mudanças climáticas, além disso, ele enfatizou a importância da parceria entre o SergipeTec com órgãos públicos para realização de ações na área. Durante sua apresentação foi exibido o vídeo do jornal americano The Guardian “What Happens If We Ignore The Climate Crisis?”. Segundo o presidente do SergipeTec, os impactos do aquecimento global vão afetar as camadas menos favorecidas da sociedade.

“O mundo tem que se organizar para investir e trabalhar ações que reduzam esses efeitos dos gases estufa de uma forma global. A gente está investindo em várias tecnologias que ajudam nessa linha como o hidrogênio verde, a energia solar e eólica, além disso estamos montando um grupo para fazer um trabalho de primeira linha na redução de carbono”, destacou Eduardo.

Palestrante na oficina, o Superintendente Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Estado de Sergipe, Ailton Rocha, destacou que estamos vivendo com problemas ambientais cada vez mais recorrentes.

“Nós pretendemos juntamente com o SergipeTec e as demais instituições elaborar uma espécie de reading map, com ações de curto, médio e longo prazo para que a gente possa atuar em várias mãos no enfrentamento das mudanças climáticas”, afirmou Ailton.

O Diretor de Crédito do Banco do Estado de Sergipe – Banese, Ademário Alves comentou sobre a importância do evento.

“O tema é de altíssima relevância não só para as instituições financeiras mas para toda sociedade, o banco está presente participando dos debates e aperfeiçoando os modelos de concessão de crédito para tornar as nossas linhas mais sustentáveis”, disse o diretor.

Também esteve presente no evento, o Gerente de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste, Lenin Falcão, que reforçou o compromisso do BNB com a temática.

 “Esse é um assunto que o BNB tem se preocupado, temos linhas de crédito para empresas que desejam mudar a sua forma de atuar trabalhando com energias renováveis e o reuso da água por exemplo”, reforçou Lenin.