Vacinação Solidária: campanha arrecada duas toneladas de alimentos em uma semana

A alegria para quem recebe a primeira ou a segunda dose da vacina contra a covid-19, em Aracaju, é inevitável e ela também pode contagiar as famílias afetadas pela crise econômica provocada pela pandemia, por meio da Campanha “Vacinação Solidária”.

A iniciativa da Prefeitura de Aracaju, coordenada pela Secretaria Municipal da Assistência Social, foi iniciada no último dia 5 e vem ganhando, cada vez mais, a adesão dos aracajuanos que se sensibilizam com a causa. Em apenas uma semana, a administração municipal arrecadou duas toneladas de alimentos.

A ideia é que as pessoas ao se vacinarem, de forma espontânea, doem alimentos não perecíveis em um dos 34 pontos de vacinação, os quais também foram disponibilizados para a arrecadação.

De acordo com a secretária da Assistência Social de Aracaju, Simone Passos, no município, há cerca de 38.700 famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, números agravados com a chegada do vírus.

“O objetivo é beneficiar o maior número de famílias que se encontram nessas situações. Os alimentos serão reunidos em cestas básicas e doados às famílias de baixa renda já identificadas no Cadastro Único pela nossa Coordenadoria de Políticas de Transferência de Renda e nos bairros bairros da capital, através dos 17 Cras. As doações também serão destinadas para as instituições sem fins lucrativos, inscritas no Conselho Municipal da Assistência Social de Aracaju que desenvolvem ações socioeducativas nas comunidades”, explicou.

A secretária destaca ainda que a “Vacinação Solidária” está abraçando outros públicos. “Nesta primeira semana, observamos uma grande adesão da sociedade à campanha. Percebemos que mesmo aqueles que não estão recebendo a vacina, se dirigem até um dos nossos pontos para fazer sua contribuição. Também recebemos ligações da população em busca de orientações sobre como doar. Em casos de doações em grande volume, vamos até o doador”, completou.

As cestas básicas começaram a ser confeccionadas na sexta-feira (9). Para a secretária adjunta da Assistência Social do município, Selma França, o momento é de somar forças. “Quero agradecer a Deus, aos aracajuanos que se mostram solidários à nossa campanha e aos servidores que estão empenhados na arrecadação. É importante salientar que o ato não é obrigatório, mas se puderem, façam suas doações”, salientou.

A “Vacinação Solidária” faz parte de uma das diversas medidas pensadas pelo Comitê de Operações Emergenciais, o COE, como um plano estratégico de enfrentamento à covid-19 na capital sergipana. Essa já é a segunda campanha criada neste período.

A primeira, lançada em março do ano passado, com o apoio da sociedade e classe empresarial, beneficiou cerca de 2,7 mil famílias aracajuanas de baixa renda, entre pessoas que não receberam o Auxílio Emergencial do Governo Federal, comunidades de religiões de matrizes africanas, população LGBTQIA+, pessoas com deficiência e demais que se enquadraram no perfil socioeconômico para o recebimento.

É válido ressaltar que em  todos os 17 Centros de Referência da Assistência Social (Cras) da capital já são realizadas entregas de cestas básicas mensais às famílias de baixa renda assistidas pelo Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif) e também quando é detectada pelas equipes técnicas a necessidade da concessão do benefício.

Empatia
A aposentada Cícera Alves, moradora do bairro Inácio Barbosa, foi ao Parque da Sementeira receber a segunda dose da vacina e se somou à campanha solidária. “É necessário. A humanidade tem que ajudar no momento. São muitas pessoas desempregadas, precisando de um pão à mesa. Acho que é nossa obrigação, já que temos o alimento todos os dias, dividirmos”, relatou.

A jornalista aposentada Vera Ferreira, moradora do bairro Jardins, também fez a sua parte, contribuindo com duas sacolas de alimentos. “Acho que é uma ação que todos deveriam se propor a fazer porque tem muitas pessoas que estão passando fome e, fazendo isso, é uma forma de todos ajudarem. Estamos aqui para isso, nos ajudarmos”, disse.

Onde doar
Podem ser doados mantimentos não perecíveis nos seguintes pontos arrecadação: no drive-thru ( montado no Parque Augusto Franco, conhecido como Sementeira, de segunda a domingo, de 8h às 17h;  no prédio da Estação Cidadania (situado na rua Pacatuba, 64, Centro, de segunda à sexta-feira, de 9h às 15h); e nas 32 Unidades Básicas de Saúde (UBS) com vacinação autorizada (de segunda à sexta-feira, de 8h às 16h).

Para contribuições em dinheiro, o Comitê de Combate à Pobreza, da Assistência Social de Aracaju, disponibiliza a seguinte conta para o depósito: Banco do Brasil; agência: 3611-0; conta: 6704-0; CNPJ: 13.128.780/0045-12.

Confira as UBSs que estão arrecadando as doações de alimentos
– UBS Augusto César Leite (Conj. Santa Tereza);
– UBS João Bezerra (Povoado Areia Branca);
– UBS Niceu Dantas (Povoado Mosqueiro);
– UBS Roberto Paixão (17 de Março);
– UBS Osvaldo Leite (Santa Maria);
– UBS Elizabeth Pita (Santa Maria);
– UBS Humberto Mourão (São Conrado);
– UBS Celso Augusto Daniel (Santa Maria);
– UBS Madre Tereza de Calcutá (Jabotiana);
– UBS Edézio Vieira de Melo (Siqueira Campos);
– UBS Adel Nunes (América);
– UBS Oswaldo de Souza (Getúlio Vargas);
– UBS Maria do Céu (Centro);
– UBS Porto Dantas (Porto Dantas);
– UBS José Augusto Barreto (Japãozinho);
– UBS Carlos Fernandes (Lamarão);
– UBS José Quintiliano (Santo Antônio);
– UBS Eunice Barbosa (Coqueiral);
– UBS João Cardoso (José Conrado de Araújo);
– UBS Anália Pina de Assis (Tamandaré);
– UBS Carlos Hardman Côrtes (Soledade);
– UBS Amélia Leite (Suíssa);
– UBS Augusto Franco (Conj. Augusto Franco);
– UBS Francisco Fonseca (18 do Forte);
– UBS Cândida Alves (Santo Antônio);
– UBS Fernando Sampaio (Conj. Castelo Branco);
– UBS Antônio Alves (Atalaia);
– UBS Marx de Carvalho (Ponto Novo);
– UBS Manoel de Souza (Conj. Sol Nascente);
– UBS Santa Terezinha (Zona de Expansão);
– UBS Dona Jovem (Industrial);
– UBS Joaldo Barbosa (América).

 

 

Assessoria de Comunicação da Assistência Social de Aracaju

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta