Valadares pai e filho são traidores, diz Rodrigo ao romper com o PSB em Simão Dias

O deputado estadual Rodrigo Valadares, que comanda o PTB e o PSL em Sergipe, anunciou o rompimento de seu grupo político com o agrupamento do PSB em Simão Dias, capitaneado pelos Valadares pai e filho, a quem rotula como traidores.

Segundo Rodrigo Valadares, o ex-senador e o ex-deputado federal o excluíram da pré-candidatura de Cristiano Viana ao cargo de prefeito de Simão Dias, para qual pendia, até então, o apoio dos partidos comandado pelo deputado estadual.

“Eu estava montando a chapinha do PSL lá em Simão Dias, que iria apoiar Cristiano, como já havia combinado com os pré-candidatos do partido, mas, nessa segunda-feira, o grupo [de Valadares] fez uma reunião para pedir aos seus pré-candidatos que só considerassem o PSB. Isso é uma traição sem tamanho”, disse o deputado em grupos de Whatsapp.

Rodrigo destaca que além de ter sido o deputado mais votado em 2018 em Simão Dias, tendo mais votos, inclusive, que o candidato apoiado pelo então senador Valadares, é filho da terra e atua para consolidar o seu partido no município.

“Fizeram essa traição comigo só para diminuir minha luz, para que eu não me consolide como uma liderança em Simão Dias. Valadares até segurou bandeira na praça para Luciano Pimentel em 2018 para querer me humilhar, mas eu ganhei dele. E agora eles querem desmontar meu partido. Não vou admitir. Vamos consolidar nosso grupo e podemos tanto apoiar uma chapa majoritária como sair com candidatura própria”, disse o deputado.

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes :

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta