Pular para o conteúdo
Início » Vereadores de Aracaju irão cancelar o recesso parlamentar

Vereadores de Aracaju irão cancelar o recesso parlamentar

Os vereadores de Aracaju irão cancelar o recesso parlamentar, que aconteceriam na segunda quinzena de julho, para garantir a votação de emendas impositivas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO/2023) e alterações à Lei Orgânica do Município de forma a garantir o pagamento das indicações a partir de janeiro de 2023.

A decisão foi tomada nesta segunda-feira, 11, em reunião entre o presidente da Casa Legislativa, Nitinho (PSD), e os vereadores Professor Bittencourt (PDT), Eduardo Lima (Republicanos), Isac (PDT), Cícero do Santa Maria (Pode), Ricardo Vasconcelos (Rede), Pastor Diego (PP), Soneca (PSD), Fábio Meireles (PSC) e Sargento Byron (Republicanos).

“Em consenso com os vereadores decidimos pelo cancelamento do recesso parlamentar. Isso é bom porque definitivamente vamos marcar uma história neste parlamento criando as emendas impositivas na Câmara Municipal de Aracaju. Tenho que agradecer o empenho dos vereadores e o Executivo, que concordou com esse projeto que será discutido nessa Casa”, explicou Nitinho.

Ainda de acordo com o presidente da CMA, a partir de agora os vereadores irão mudar Lei Orgância do município, preparara as emendas impositivas para que possa aprovar juntamente com a LDO no próximo dia 29 de julho.

Vereadores apoiam a decisão

“Os vereadores concordaram com a necessidade da alteração da Lei Orgânica e logo após apresentar as emendas da LDO para que possamos ter de fato as emendas impositivas em 2023. Assim, poderemos fazer as indicações daquilo que a gente entende que é necessário para o povo de Aracaju”. De acordo com Pastor Diego, a CMA está fazendo história e abrindo precedentes para outras todas as Câmaras de Sergipe.

Ricardo Vasconcelos parabenizou o presidente da CMA pela decisão juntamente com os demais vereadores. “Nós estamos aqui para trabalhar pelo povo de Aracaju, assim, teremos mais tempo para discutir melhor as alterações da Lei Orgânica garantindo assim os recursos que serão disponibilizados. Com as emendas impositivas, estaremos levando obras para o cidadão aracajuano”, afirmou.

Já Isac, ressaltou que o presidente da Casa trouxe uma nova perspectiva que era importante cancelar o recesso, implementar ações, fortalecer a LDO e dentro da LDO. “Além disso, fortalecer as emendas impositivas que é, sobretudo, uma ação do parlamento junto com o Executivo”, disse.

Para Eduardo Lima essa é uma medida que fortalece o Parlamento Municipal e assim, fazendo história quando de forma unânime cria as emendas impositivas. Cícero do Santa Maria reforçou que objetivo dos vereadores é organizar as emendas e, desse modo também, fortalecer a Câmara.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter