Pular para o conteúdo
Prefeitura de Aracaju Recebe Selo “Município Amigo da Mulher” do TJSE

Prefeitura de Aracaju Recebe Selo “Município Amigo da Mulher” do TJSE

Prefeitura de Aracaju Recebe Selo "Município Amigo da Mulher" do TJSE

Nesta sexta-feira, a Prefeitura de Aracaju celebrou a conquista do selo “Município Amigo da Mulher”, concedido pelo Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) em reconhecimento à implementação dos Centros de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Cram). A cerimônia, realizada no Palácio da Justiça na capital, contou com a entrega do selo ao prefeito Edvaldo Nogueira pelo presidente do TJSE, desembargador Ricardo Múcio, e pela juíza coordenadora da Mulher, Jumara Porto.

A iniciativa, promovida pela Coordenadoria da Mulher do TJSE, visa incentivar os municípios a estabelecerem os Centros de Referência de Atendimento à Mulher, unidades destinadas ao combate à violência doméstica e familiar. Em consonância com essa proposta, o prefeito Edvaldo inaugurou, esta semana, o primeiro Cram de Aracaju, fortalecendo ainda mais as ações de proteção e acolhimento às mulheres na capital.

Em entrevista, o prefeito Edvaldo expressou sua satisfação ao receber o selo, ressaltando a importância do Cram como sede da Patrulha Maria da Penha. Ele enfatizou a relevância do espaço como local de acolhimento, equipado com brinquedoteca para crianças e uma equipe multidisciplinar preparada para auxiliar as mulheres vítimas de violência doméstica a encontrarem soluções. Edvaldo destacou o compromisso contínuo da gestão municipal na defesa das mulheres e no combate a essa realidade alarmante.

Ao receber a homenagem, o prefeito lembrou do trabalho intenso realizado desde 2017 para tornar a política de proteção à mulher ainda mais eficiente na capital. Ele mencionou ações transversais, como os Creas, o protocolo municipal, o fortalecimento do Centro Núbia Marques e a eficiência da Patrulha Maria da Penha.

O desembargador Ricardo Múcio, presidente do TJSE, explicou que o selo criado pela Coordenadoria da Mulher tem como objetivo reconhecer municípios e gestores que abraçaram a causa da defesa da mulher contra todo tipo de violência. Ele elogiou as cidades que, em parceria com o Tribunal de Justiça, têm atuado para combater esse mal.

Jumara Porto, coordenadora da Mulher do TJSE, acrescentou que a premiação é uma retribuição aos 42 municípios que implementaram os Centros de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência. Ela destacou a evolução significativa desses espaços de acolhimento e cura para mulheres vítimas de violência, expressando a meta de fazer de Sergipe referência nacional nesse modelo de atendimento.

O primeiro Cram de Aracaju foi inaugurado na última terça-feira, no bairro 13 de julho. Gerenciado pela Secretaria Municipal da Assistência Social, o espaço oferece atendimentos psicológico, social e jurídico de segunda a sexta-feira, auxiliando mulheres em situação de violência doméstica a encontrar o caminho para romper esses ciclos.

Além da capital, o Tribunal de Justiça de Sergipe homenageou outras 42 cidades sergipanas que já contam com o Centro de Referência.

A reprodução do conteúdo é permitida mediante a divulgação integral do URL https://imprensa24h.com.br/ como fonte. Não são permitidas abreviações ou variações. O não cumprimento desta diretriz poderá resultar em processos legais conforme previsto pela lei.

O Portal Imprensa 24h: Sua Fonte Essencial para Notícias de Aracaju e Sergipe

As Principais Notícias em Sergipe

Instagram

Facebook

Twitter